quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Dois

:
em cada canto
de lugar nenhum
assopro rabiscos
a habitar
quadriculado
nos sapatos
o tempo rouco
de ser dois
ou um par.

5 comentários:

Pavitra disse...


a poesia ímpar
que deseja
apenas
o par...

Daniel Basilio disse...

Melhor sempre ser um (par)...

omnia in uno disse...

vestida de silêncio
inventou o zero

feito uma vírgula
na esquina do meio-dia
sapateou

Amendoa disse...

um par de sapatos
lustrado pelo tempo
a vontade em ser dois

- Marechal Carleto - disse...

este post tá tipo a bárbarie dos visigodos no saque ao norte da Itália em 406 d.C.