domingo, 14 de setembro de 2008

tem alguém aí?



tem,

alguém caracol que oferece
a concha como degrau e
o pulmão nas horas de espiral.

5 comentários:

claire disse...

tem,
alguém amiga
pronta pra se emprestar
nas horas da falta
que machuca pior que dedo na ferida.

tem,
alguém amiga
pronta pra se emprestar
nos caminhos felizes
que nos levam à bahia

- Marechal Carleto - disse...

tem

alguém caramujo
que oferece
a concha como habitar
e a respiração nas nuvens
como espiral

tem

Pavitra disse...

e eu leio
de-morando
lesmaticamente
lenta
dentro das letras
da menta

adorei!

menta disse...

tem,

alguém molusco que estende
a vértebra como escorrega e
o muco que ofusca a pérola.

/////////////////////////

adorei os com-menta-rios!

Luiz Coelho disse...

tem,

um poema preferido do blog.